Arroz com suã, tutu molinho e jilogrete com cebola roxa e limão capeta

01 kg de suã, 2 limões

arroz com sua

10 dentes de alho amassados

02 cebolas roxas em cubos pequenos

½ pimentão vermelho em cubos pequenos

½ pimentão amarelo ou verde em cubos pequenos

3 tomates sem semente em cubos pequenos

Sal e pimenta a gosto

04 colher (sopa) de azeite ou banha de porco

300 grs de arroz

02L de água fervendo

01 folhas de louro

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Cheiro verde a gosto

Lavar a suã com água morna e limão.

Em uma panela grande, acrescentar azeite, 3 dentes de alho, e refogar a suã por 15 minutos ou até que a suã fique coradinha. Adicionar a água fervendo, aumentar o fogo e cozinhar por 1h. Reserve a suã com o caldo e na mesma panela, refogue o arroz com o alho, cebola, tomate, pimentões, louro e adicione por último o caldo com a suã. Confira o tempero, baixe o fogo e deixe cozinhar por mais 20 minutos ou até que o arroz fique macio e ainda molhadinho. Salpicarcheiro verde.

  • Faça o tutu convencional e adicione menos farinha para que ele fique com uma consistência mais molinha.

Vinagrete de jiló com cebola roxa e limão capeta:

6 jilós descascados e fatiados e laminas bem fininhas
1 dente de alho picadinho
1 cebola roxa fatiada fininha
Suco de 3 limões capeta ou limão galego e ½ copo d’água gelada
Pimenta verde picadinha sem sementes (bode ou se preferir, biquinho) - opcional

Azeite, sal e pimenta do reino a gosto
Cheiro verde a gosto

Preparar o vinagrete com todos os ingredientes, conferir o tempero e deixar na geladeira até a hora de servir. Este vinagrete fica ainda mais gostoso no outro dia ou depois de algumas horas refrigerado.

Bom apetite!

Culinária de afeto

O desafio é saber agradar a todos sem interpretação ou conceito.

Chef Joanne Ribas mescla o tradicional com o sofisticado, resgatando os pratos da infância com um toque mineiro.
Talento, estudo e muita organização. Essas três palavras descrevem um bom chef de cozinha. E são essas qualidades que destacam a atuação da chef Joanne Ribas no universo da gastronomia.
Recentemente, a chef resolveu transformar o conhecimento em deliciosos pratos ao abrir, na Serra da Canastra, um restaurante. A proposta é resgatar o tradicional dando uma pitada de sofisticação.

Serviços

  • Café da manhã
  • Comidas Típicas
  • Cardápio personalizado
  • Área para Camping

O que há de melhor na vida...